Início Dicionário A Amém

Amém na Bíblia. Significado e Versículos sobre Amém

35 min de leitura

Advérbio hebraico, formado de umaraiz, que significa ‘assegurar, firmar’, e por isso é empregado no sentido de confirmar o que outrem disse. Amém – assim seja. 1. No Antigo Testamento aceita e ratifica uma maldição (Números 5.22Deuteronômio 27.15 a 26Neemias 6.13), e uma ordem real (1 Reis 1.36) – e uma profecia (Jeremias 28.6) – e qualquer oração, especialmente no fim de uma doxologia (Neemias 8.6) – e constitui resposta do povo às doxologias, que se acham depois dos primeiros quatro livros de Salmos (41.1Salmos 72.19, 89.6 – Salmos 106.48 – *veja 1 Crônicas 16.36).

Este costume passou dos serviços religiosos da sinagoga para o culto cristão. 2. No Novo Testamento: (a) Emprega-se no culto público (1 Coríntios 14.16). A doxologia e o Amém que fecham a oração dominical em Mateus 6.13 são, sem dúvida, devidos ao uso litúrgico da oração. (b) Este modo de responder com Amém generalizou-se, para confirmar orações individuais e de ação de graças (Romanos 1.2Romanos 9.6, 11.36 – Gálatas 6.18Apocalipse 1.6,7, etc.) (c) Jesus costumava, de um modo particular, empregar o mesmo termo, quando se tratava de chamar a atenção para assunto de especial solenidade: ‘em verdade vos digo’ (João 1.61) ou ‘em verdade, te digo’ (literalmente é Amém), o que ocorre umas trinta vezes em Mateus, treze vezes em Marcos, seis vezes em Lucas, e vinte e cinco vezes no quarto Evangelho. (d) Em 2 Coríntios 1.20 diz-se que se encontram em Cristo as promessas de Deus (Nele está o ‘sim’), e por meio Dele acham a sua confirmação e cumprimento (‘também por Ele é o amém’).

No Apocalipse 3.14 o próprio Salvador se chama ‘o Amém, a testemunha fiel e verdadeira’ (*veja Isaías 65.16, liter. ‘Deus de Amém’). O uso da palavra nos serviços da sinagoga cedo foi transportado para os cultos da igreja cristã (1 Coríntios 14.16), e disso fazem menção os Pais, como Justino Mártir, Dionísio de Alexandria, Jerônimo e outros.

Amém – Dicionário Evangélico de Teologia Bíblica de Baker

Amém

No uso atual, o termo “amém” tornou-se pouco mais do que uma conclusão ritualizada para orações. No entanto, as palavras hebraica e grega para amém aparecem centenas de vezes na Bíblia e têm vários usos.

Amém é uma transliteração da palavra hebraica amém. A forma verbal ocorre mais de cem vezes no Antigo Testamento e significa cuidar, ser fiel, confiável ou estabelecido, ou acreditar em alguém ou algo.

A ideia de algo que é fiel, confiável ou crível parece estar por trás do uso de amém como uma exclamação em vinte e cinco ocasiões solenes no Antigo Testamento. Israel disse “amém” para participar dos louvores a Deus (1 Crônicas 16.36; Neemias 8.6; e no final de cada um dos primeiros quatro livros de Salmos – Neemias 41.13 – Neemias 72.19 – Neemias 89.52 – Neemias 106.48).

Amém nunca é usado exclusivamente para confirmar uma bênção no Antigo Testamento, mas Israel aceitou a maldição de Deus sobre o pecado por meio dele (doze vezes em Deuteronômio 27 e em Neemias 5.13), e uma vez Jeremias afirma as declarações de Deus sobre as bênçãos e as maldições da aliança com um amém (Jeremias 11.5).

Ele também pode confirmar uma declaração feita por pessoas (Números 5.22; 1 Reis 1.36; Neemias 5.13). Esses tipos de usos estão por trás do ditado popular, basicamente correto, de que amém significa “Assim seja”.

Amém tem outros usos. Jeremias zomba das palavras de um falso profeta com um amém (28:6). Porque Deus é confiável, Isaías pode chamá-lo de “o Deus de amém”, em cujo nome seus servos devem invocar bênçãos e fazer juramentos (Isaías 65.16).

Mas o uso de amém por Jesus é a inovação mais marcante.

Jesus introduz seu ensino dizendo “amém lego humin”, isto é, “verdadeiramente eu vos digo”, em quase setenta ocasiões nos Evangelhos (trinta vezes em Mateus, treze em Marcos, seis em Lucas e vinte em João, onde o amém é sempre dobrado).

Onde os profetas frequentemente diziam: “Assim diz o Senhor”, Jesus frequentemente diz: “Amém eu vos digo”. Embora alguns estudiosos vejam a fórmula apenas como um método de dar ênfase a uma declaração, na realidade constitui uma parte significativa do ensino implícito de Jesus sobre si mesmo.

Devemos considerar o uso do termo “amém” por Jesus ao lado de suas outras reivindicações implícitas à divindade, como sua reivindicação do direito de perdoar pecados e julgar a humanidade, e seu costume de realizar milagres com sua própria autoridade.

Nenhum mero humano tem o direito de perdoar pecados, no entanto, Jesus perdoou pecados. Deus é o juiz da humanidade, no entanto, Jesus julga. Os agentes de Deus atribuem a vontade e a glória a Deus quando realizam milagres, no entanto, Jesus realizou milagres com sua própria autoridade.

Da mesma forma, os profetas nunca falaram com sua própria autoridade. Eles dizem: “Assim diz o Senhor”. Ou, como Paulo, eles dizem que receberam uma revelação do céu. Mas Jesus diz: “Verdadeiramente eu vos digo” dezenas de vezes, afirmando que suas palavras são certamente verdadeiras porque ele as diz.

Jesus frequentemente usa a fórmula quando corrige erros ou está envolvido em disputas. Quando Jesus instruiu Nicodemos, por exemplo, ele apelou não às Escrituras, mas à sua própria autoridade, dizendo “Amém, amém, eu vos digo” (João 3João 5). “Amém lego humin” também pontua o ensino de verdades desconhecidas no Antigo Testamento e tempera ditos surpreendentes para os quais Jesus não oferece prova além de sua própria autoridade.

Aqui o amém implica que as palavras de Jesus, como as do Pai, são verdadeiras simplesmente porque ele as pronuncia (Mateus 24.3Mateus 26.13; Marcos 3.28; Lucas 12.37; João 10.1). Então, em Mateus 5 Jesus comenta sobre o Antigo Testamento ou interpretações judaicas dele seis vezes no capítulo, dizendo: “Vocês ouviram que foi dito, mas eu vos digo”.

Ele conclui a primeira seção com o amém em 5:26, e assim fazendo afirma que sua autoridade excede a dos intérpretes judeus e até traz uma revelação que supera a da própria lei do Antigo Testamento.

Dessa forma, sempre que Jesus diz “amém lego humin”, ele mostra consciência de sua autoridade, sua divindade. Essa evidência da autoconsciência messiânica de Jesus é importante porque resiste aos ataques céticos à fé.

Os críticos tentam excluir muitos textos que apresentam a divindade de Cristo com base no argumento de que são inautênticos. Mas reivindicações implícitas à divindade, seja o uso do amém por Jesus ou outras, aparecem em praticamente todos os parágrafos dos Evangelhos e não podem ser explicadas.

O uso de amém por Paulo retorna ao mundo do Antigo Testamento, exceto que ele pronuncia amém apenas para abençoar, não para amaldiçoar. Muitas vezes as cartas de Paulo irrompem em louvor a Deus Pai ou Deus Filho e selam a confissão com o amém (Romanos 1.2Romanos 9.5Romanos 11.36; Gálatas 1.3-5; Efésios 3.21; Filipenses 4.20; 1 Timóteo 1.11 Timóteo 6.16; 2 Timóteo 4.18).

Uma doxologia aparece no ou perto do final de várias cartas, e todas terminam com o amém. Outras cartas terminam com uma bênção sobre seus leitores, novamente completadas com amém (1 Coríntios 16.23-24; Gálatas 6.18).

Paulo também convida seus leitores a dizer amém às promessas de Deus (2 Coríntios 1.20). Amém também fecha doxologias espontâneas em Apocalipse; lá, no entanto, o objeto de louvor é mais frequentemente o Filho do que o Pai (Apocalipse 1.6– – Apocalipse 5.14Apocalipse 7.12Apocalipse 19.4).

Em tudo isso, Paulo e Apocalipse se assemelham ao costume judaico da época, em que os judeus diziam amém quando ouviam outro abençoar o Senhor, seja em oração privada (Tobias 8:8) ou no culto. Mas eles superam isso na pura espontaneidade e entusiasmo de seus louvores.

Várias outras epístolas do Novo Testamento seguem Paulo louvando a Deus e/ou chamando-o para conceder a graça de que os leitores precisam (Hebreus 13.20-21; 1 Pedro 4.11 Pedro 5.10-11; 2 Pedro 3.17-18; Judas 24.25; Apocalipse 22.21).

Como em Paulo, essas palavras finais muitas vezes recapitulam os temas principais da carta, que o escritor sela com o amém que tanto declara quanto implora: “Assim seja! Que Deus de fato seja louvado por conceder os dons de que seu povo precisa”.

Daniel Doriani

Elwell, Walter A. “Entrada para ‘Amém’”. “Dicionário de Teologia Evangélica”. 1997.

Amém – Dicionário Bíblico de Easton

Amém

Esta palavra hebraica significa firme e, portanto, também fiel (Apocalipse 3.14). Em Isaías 65.16, a Versão Autorizada tem “o Deus da verdade”, que em hebraico é “o Deus de Amém”. É frequentemente usada por nosso Salvador para dar ênfase às suas palavras, onde é traduzida como “verdadeiramente”. Às vezes, apenas no Evangelho de João, ela é repetida, “Verdadeiramente, verdadeiramente”. É usada como um epíteto do Senhor Jesus Cristo (Apocalipse 3.14).

É encontrada sozinha e às vezes em duplicidade no final das orações (Salmos 41.1 – Neemias 72.19 – Neemias 89.52), para confirmar as palavras e invocar o cumprimento delas. É usada como sinal de estar vinculado por um juramento (Números 5.22; Deuteronômio 27.15-26; Neemias 5.1Neemias 8.6; 1 Crônicas 16.36).

Nas igrejas primitivas era comum para o público geral dizer “Amém” ao final da oração (1 Coríntios 14.16).

As promessas de Deus são Amém; ou seja, todas são verdadeiras e certas (2 Coríntios 1.20).

Easton, Matthew George. “Entrada para Amém”. “Dicionário da Bíblia de Easton”.

Amém –

Amém

Confiável; fiel; certo.

E ao anjo da igreja dos Laodicenses escreve: Estas coisas diz o AMÉM, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus; Eu conheço as tuas obras, que não és nem frio nem quente: oxalá foras frio ou quente. (Apocalipse 3.14-15)

“Entrada para ‘Amém’”. Um Dicionário King James.

Amém – Dicionário Bíblico de Smith

Amém,

Literalmene “verdadeiro” e usado como substantivo, “aquilo que é verdade”, “verdade”, (Isaías 65.16) uma palavra usada em fortes asseverações, fixando, como se fosse, o selo da verdade sobre a afirmação que ela acompanhava, e tornando-a vinculativa como um juramento.

Comp. (Números 5.22) Nas sinagogas e casas particulares era costumeiro para as pessoas ou membros da família presentes dizerem “amém” às orações que eram oferecidas. (Mateus 6.13; 1 Coríntios 14.16) E não apenas orações públicas, mas aquelas oferecidas em privado, e doxologias, eram apropriadamente concluídas com “amém”. (Romanos 9Romanos 11.36Romanos 15.33Romanos 16.27; 2 Coríntios 13.14) etc.

Smith, William, Dr. “Entrada para ‘Amém,’”. “Dicionário da Bíblia de Smith”. 1901.

Amém – Enciclopédia Internacional da Bíblia Padrão

Amém

Amém, = “verdadeiramente,” “na verdade”:

É derivado da forma reflexiva de um verbo que significa “ser firme” ou “sustentar”. Ocorre duas vezes como substantivo em Isaías 65.16, onde temos (a Versão do Rei James, a Versão Revisada (Britânica e Americana)) “Deus da verdade”.

Esta renderização implica a pontuação ‘omen ou ‘emun, isto é, “verdade” ou “fidelidade”, uma leitura realmente sugerida por Cheyne e adotada por outros. “Amém” é geralmente usado como um advérbio de assentimento ou confirmação–fiat, “assim seja”.

Em Jeremias 28.6 o profeta endossa com ele as palavras de Hananias. Amém é empregado quando um indivíduo ou toda a nação confirma uma aliança ou juramento recitado em sua presença (Números 5.22; Deuteronômio 27.15; Neemias 5.13, etc.).

Também ocorre no final de um salmo ou livro de salmos, ou de uma oração.

Que “Amém” foi acrescentado à doxologia na igreja primitiva é evidente tanto de Paulo quanto de Apocalipse, e aqui novamente tomou a forma de uma resposta pelos ouvintes. O ritual da instalação do Cordeiro (Apocalipse 5.6-14) conclui com o Amém das quatro bestas e dos vinte e quatro anciãos.

Também é falado após “Sim:

Venho rapidamente” (Apocalipse 22.20). E que Apocalipse reflete a prática da igreja na terra, e não apenas de uma comunidade ideal e ascensionada no céu, pode-se concluir de 1 Coríntios 14.16, de onde deduzimos que se esperava que os irmãos leigos dissessem “Amém” ao endereço.

James Millar

Orr, James, M.A., D.D. Editor Geral. “Entrada para ‘AMÉM’”. “Enciclopédia Bíblica Internacional Padrão”. 1915.


9 Principais Versículos sobre Amém

13 E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém.

20 ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém!

36 Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel, de eternidade a eternidade. Então todo o povo exclamou: “Amém! ” e “Louvado seja o Senhor! ”

14 Os quatro seres viventes disseram: “Amém”, e os anciãos prostraram-se e o adoraram.

12 cantando: ´Amém! Louvor e glória e sabedoria, gratidão e honra, força e poder pertencem a nosso Deus, para todo o sempre. Amém!`.

14 ´Escreva esta carta ao anjo da igreja em Laodiceia. Esta é a mensagem daquele que é o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, a origem da criação de Deus:

4 Os vinte e quatro anciãos e os quatro seres viventes prostraram-se e adoraram a Deus, que estava assentado no trono, e exclamaram: “Amém, Aleluia! ”

20 Aquele que é testemunha fiel de todas essas coisas diz: ´Sim, venho em breve!`. Amém! Vem, Senhor Jesus!

21 A graça do Senhor Jesus seja com todos. Amém.

17 Versículos sobre Amém no Antigo Testamento

22 e que esta água amaldiçoante penetre nas suas entranhas, para fazer com que inche o seu ventre e você fique estéril.` Então a mulher dirá: ´Amém! Amém!`

15 “Maldito quem esculpir uma imagem ou fizer um ídolo fundido, obra de artesãos, detestável ao Senhor, e levantá-lo secretamente”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

16 “Maldito quem desonrar o seu pai ou a sua mãe”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

17 “Maldito quem mudar o marco de divisa da propriedade do seu próximo”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

18 “Maldito quem fizer o cego errar o caminho”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

19 “Maldito quem negar justiça ao estrangeiro, ao órfão ou à viúva”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

20 “Maldito quem se deitar com a mulher do seu pai, desonrando a cama do seu pai”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

21 “Maldito quem tiver relações sexuais com algum animal”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

22 “Maldito quem se deitar com a sua irmã, filha do seu pai ou da sua mãe”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

23 “Maldito quem se deitar com a sua sogra”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

24 “Maldito quem matar secretamente o seu próximo”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

25 “Maldito quem aceitar pagamento para matar um inocente”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

26 “Maldito quem não puser em prática as palavras desta lei”. Todo o povo dirá: “Amém! ”

36 Então Benaia, filho de Joiada, respondeu ao rei: – Amém! Que o Senhor, Deus do rei, meu senhor, confirme isso!

13 Também sacudi a dobra do meu manto e disse: “Deus assim sacuda de sua casa e de seus bens todo aquele que não mantiver a sua promessa. Tal homem seja sacudido e esvaziado! ” Diante disso, toda a assembléia disse “Amém” e louvou o Senhor. E o povo cumpriu o que prometeu.

6 Esdras louvou o Senhor, o grande Deus, e todo o povo disse: ´Amém! Amém!`, com as mãos erguidas. Depois, prostraram-se com o rosto no chão e adoraram o Senhor.

5 Então cumprirei a promessa que fiz sob juramento aos antepassados de vocês, de dar-lhes uma terra onde manam leite e mel, a terra que vocês hoje possuem”. Então respondi: “Amém, Senhor”.

6 “Amém! Que assim faça o Senhor! Que o Senhor cumpra as palavras que você profetizou, trazendo os utensílios do templo do Senhor e todos os exilados da Babilônia para este lugar.

4 Salmos sobre Amém

13 Louvado seja o Senhor, o Deus de Israel, de eternidade a eternidade. Amém e amém!

19 Louvado seja seu nome glorioso para sempre! Que sua glória encha toda a terra. Amém e amém!

52 Louvado seja o Senhor para sempre! Amém e amém!

48 Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel, por toda a eternidade. Que todo o povo diga: “Amém! ” Aleluia!

43 Versículos sobre Amém no Novo Testamento

20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém!

53 E estavam sempre no templo, louvando e bendizendo a Deus. Amém!

25 Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e, se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém!

25 Trocaram a verdade sobre Deus pela mentira. Desse modo, adoraram e serviram coisas que Deus criou, em lugar do Criador, que é digno de louvor eterno! Amém.

5 Do povo de Israel vêm os patriarcas, e o próprio Cristo, quanto à sua natureza humana, era israelita. E ele é Deus, aquele que governa sobre todas as coisas e é digno de louvor eterno! Amém.

36 Pois todas as coisas vêm dele, existem por meio dele e são para ele. A ele seja toda a glória para sempre! Amém.

33 Que o Deus que nos dá sua paz esteja com todos vocês. Amém.

20 E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém!

24 Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vocês. Amém.

27 Toda a glória para sempre ao Deus único e sábio, por meio de Jesus Cristo. Amém.

16 Se você estiver louvando a Deus em espírito, como poderá aquele que está entre os não instruídos dizer o “Amém” à sua ação de graças, visto que não sabe o que você está dizendo?

24 Recebam o amor que tenho por todos vocês em Cristo Jesus. Amém.

20 pois quantas forem as promessas feitas por Deus, tantas têm em Cristo o “sim”. Por isso, por meio dele, o “Amém” é pronunciado por nós para a glória de Deus.

13 A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com vós todos. Amém!

5 Toda a glória a Deus para todo o sempre! Amém.

18 Irmãos, que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com o espírito de vocês. Amém.

21 A ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus por todas as gerações, para todo o sempre! Amém.

24 A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Amém!

20 Agora, toda a glória seja a Deus, nosso Pai, para todo o sempre! Amém.

23 A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o espírito de vocês. Amém.

18 Saudação de minha mão, de Paulo. Lembrai-vos das minhas prisões. A graça seja convosco. Amém!

13 E, como resultado, que Deus, nosso Pai, torne seu coração forte, irrepreensível e santo diante dele para quando nosso Senhor Jesus voltar com todo o seu povo santo. Amém.

28 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém!

18 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém!

17 Honra e glória a Deus para todo o sempre! Ele é o Rei eterno, invisível e imortal; ele é o único Deus. Amém.

16 Somente a ele pertence a imortalidade, e ele habita em luz tão resplandecente que nenhum ser humano pode se aproximar dele. Ninguém jamais o viu, nem pode ver. A ele sejam honra e poder para sempre! Amém.

21 a qual professando-a alguns, se desviaram da . A graça seja contigo. Amém!

18 Sim, o Senhor me livrará de todo ataque maligno e me levará em segurança para seu reino celestial. A Deus seja a glória para todo o sempre! Amém.

22 O Senhor Jesus Cristo seja com o teu espírito. A graça seja convosco. Amém!

15 Saúdam-te todos os que estão comigo. Saúda tu os que nos amam na fé. A graça seja com vós todos. Amém!

25 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito. Amém!

21 os capacite em tudo que precisam para fazer a vontade dele. Que ele produza em vocês, mediante o poder de Jesus Cristo, tudo que é agradável a ele, a quem seja a glória para todo o sempre! Amém.

25 A graça seja com todos vós. Amém!

11 Você tem o dom de falar? Então faça-o de acordo com as palavras de Deus. Tem o dom de ajudar? Faça-o com a força que Deus lhe dá. Assim, tudo que você realizar trará glória a Deus por meio de Jesus Cristo. A ele sejam a glória e o poder para todo o sempre! Amém.

11 A ele seja o poder para sempre! Amém.

14 Saudai-vos uns aos outros com ósculo de amor. Paz seja com todos vós que estais em Cristo Jesus. Amém!

18 Antes, cresçam na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém.

21 Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém!

13 Saúdam-te os filhos de tua irmã, a eleita. Amém!

25 Toda a glória seja àquele que é o único Deus, nosso Salvador por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor. Glória, majestade, poder e autoridade lhe pertencem desde antes de todos os tempos, agora e para sempre! Amém.

6 Ele fez de nós um reino de sacerdotes para Deus, seu Pai. A ele sejam a glória e o poder para todo o sempre! Amém.

7 Vejam! Ele vem com as nuvens do céu, e todos o verão, até mesmo aqueles que o transpassaram. E todas as nações da terra se lamentarão por causa dele. Sim! Amém!

18 e o que vive; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém! E tenho as chaves da morte e do inferno.

5 Músicas sobre Amém

Sim e Amém – Ao Vivo – Diante do Trono
https://open.spotify.com/track/5nAt485MtrTXEcRa6klygX

Amém – Aline Barros
https://open.spotify.com/track/5fw2Xu4GsmSV918zEBG9s5

Sim e Amém – André Aquino
https://open.spotify.com/track/1XU9bA7f5WGWoo4cX7iLnY

Diga Amém – Quarteto Liberdade
https://open.spotify.com/track/2WRyixwksrN11yoNN5H0fq

Ele É o Amém – Quarteto Ômega
https://open.spotify.com/track/1frW0nTWKMdZZshQYVOOrt

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários