Início Artigos É pecado se satisfazer sozinho?

É pecado se satisfazer sozinho?

11 min de leitura

Muitos cristãos enfrentam dilemas sobre moralidade e sexualidade ao tentar conciliar os ensinamentos bíblicos com os desafios do mundo moderno.

Um tema que gera bastante reflexão é a busca pelo prazer pessoal e se isso, quando feito sozinho, é considerado pecado. Será que é pecado se satisfazer sozinho? Você sabe o que a Bíblia nos ensina sobre isso?

Embora a Bíblia não aborde de maneira específica sobre a masturbação, ela nos adverte contra qualquer forma de atividade sexual que ocorra fora do contexto do casamento entre um homem e uma mulher. A sexualidade foi criada por Deus para ser uma expressão íntima e compartilhada dentro do casamento.

O que é se satisfazer sozinho?

Se satisfazer sozinho é o mesmo que se masturbar, e é um comportamento sexual que envolve a estimulação dos órgãos genitais para proporcionar prazer e, muitas vezes, levar ao orgasmo.

Também de acordo com o dicionário do Google:

substantivo feminino

  1. estimulação manual dos órgãos genitais que leva ao orgasmo.
  2. FIGURADO: inutilidade de tratar os mesmos temas (considerados infecundos), numa discussão ou pesquisa intelectual ou artística, de modo repetitivo, complacente e inconcludente.”m. crítica que não leva a nada”

Entende-se que é a excitação voluntária, ou seja, por masturbação voluntária dos órgãos genitais se obtém prazer sexual ao se tocar.

Masturbação e o cristão

Agora que entendemos o que é de fato “se satisfazer sozinho”, devemos entender o que isso representa para nós, cristãos, que decidimos seguir a Cristo. Será que é pecado se satisfazer sozinho?

Existe um perigo muito grande por trás desse ato, pois muitos que já iniciam essa prática, como forma de “conhecer o próprio corpo”, muitas vezes acabam se tornando reféns de um vício que traz consequências emocionais e sociais.

Apoie Nosso Trabalho

Faça agora uma contribuição para que possamos continuar espalhando a palavra de Deus. Clique no botão abaixo:

A Bíblia não relata algo explicitamente sobre a masturbação, ou se é pecado se satisfazer sozinho, mas a Palavra de Deus apresenta inúmeros princípios que nos ajudam a compreender melhor sobre esse tipo de comportamento. Veja::

1 Finalmente, irmãos, pedimos e incentivamos em nome do Senhor Jesus que vivam para agradar a Deus, conforme lhes instruímos. Vocês já vivem desse modo, e os incentivamos a fazê-lo ainda mais,
2 pois se lembram das instruções que lhes demos pela autoridade do Senhor Jesus.
3 A vontade de Deus é que vocês vivam em santidade; por isso, mantenham-se afastados de todo pecado sexual.
4 Cada um deve aprender a controlar o próprio corpo e assim viver em santidade e honra,
5 não em paixões sensuais, como os gentios que não conhecem a Deus.
6 Nesse assunto, não prejudiquem nem enganem um irmão, pois o Senhor punirá todas essas práticas, como já os advertimos solenemente.
7 Pois Deus nos chamou para uma vida santa, e não impura.
8 Portanto, quem se recusa a viver de acordo com essas regras não desobedece a ensinamentos humanos, mas rejeita a Deus, que lhes dá seu Espírito Santo.

Veja que Paulo está dizendo “Pois esta é a vontade de Deus, que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual.”

Afinal, se satisfazer sozinho é sim pecado, pois é uma imoralidade sexual.

O prazer sexual é ali procurado fora da relação sexual requerida pela ordem moral, que é aquela que realiza no contexto de um amor verdadeiro, o sentido integral da doação mútua entre o casal.

Quando Deus pensou em sexo, quando Deus criou homem e mulher, Ele pensou no prazer entre dois seres humanos, homem e mulher, dentro de um contexto seguro que nós chamamos de casamento

O Senhor Deus disse: ´Não é bom que o homem esteja sozinho. Farei alguém que o ajude e o complete`.

O vício de se satisfazer sozinho

Embora o mundo e muitas aulas de “educação sexual” orientem de que a masturbação é um ato saudável e necessário, na verdade vemos que ela vai totalmente contra a vontade de Deus para nossas vidas.

Com o avanço da tecnologia e o acesso a inúmeros conteúdos impróprios, a pornografia também entra como coadjuvante nesse vício, fazendo com muitos homens e mulheres se tornem viciados em buscar prazer dessa forma.

De acordo com o site G1, através de uma pesquisa realizada por uma empresa do setor, no Brasil há 22 milhões de pessoas que assumem consumir pornografia. Dessas, 76% são homens e 24% são mulheres.

Agora, quais são os danos psicológicos de se satisfazer sozinho? Quais são os danos psicológicos? Não podemos fechar os nossos os olhos e ignorar que o ato de se masturbar pode causar muitos danos psicológicos, patológicos ou compulsão sexual.

Falaremos deles a seguir.

Danos de se satisfazer sozinho

Um dos maiores riscos da masturbação é realmente o vício que ela provoca. A busca por prazer constante, torna-se em distúrbio psicológico descontrolado que pode causar uma grande deterioração na vida pessoal, social e espiritual.

Vejamos a seguir alguns das inúmeras consequências de quem é viciado em se satisfazer sozinho.

Isolamento ou fuga

Esse vício pode levar quem o pratica a fechar se em si mesmo como fuga, podendo assim usar esse meio como como válvula de escape para fugir dos problemas e das preocupações.

Aqui é que mora o problema. Muitos estão usando a masturbação como como fuga.

A pessoa se isola para poder se satisfazer sozinho, pois em sua mente, isso é uma forma de relaxamento ou distração, mas, mesmo sem perceber acaba entrando em um espiral perigoso e vicioso.

Pensamentos maus e negativos

Quem deseja se satisfazer sozinho precisa criar uma fantasia sexual, um parâmetro que traga excitação, e isso se torna prejudicial na medida em que essa prática aumenta, pois exercitamos nossa mente para pensar sexualmente e excitar nossas ideias a respeito de sexo.

É impossível ter o orgasmo sexual sem visualizar uma imagem sexual na mente. Aí a mente se torna um motel aonde muitas vezes transita todas as mulheres possíveis na cabeça do viciado em masturbação.

É evidente. Deus constitui a conexão entre o orgasmo e o pensamento sexual de tal maneira que a força e o prazer do orgasmo depende do pensamento e das imagens em nossas mentes.

Portanto, para se tocar é necessário obter pensamentos ou imagens vívidas e emocionantes na mente.

Isso pode ser feito por pura imaginação ou por imagens, filmes, histórias ou pessoas reais. Essas imagens sempre envolvem homens ou mulheres como simples objetos sexuais.

Com isso é importante lembrar o que Jesus disse no evangelhos de Mateus:

Eu, porém, lhes digo que quem olhar para uma mulher com cobiça já cometeu adultério com ela em seu coração.

Prejudica relacionamentos

Deus criou o sexo para o casamento. A masturbação é um ato que só envolve uma pessoa.

Por isso o homem deixa pai e mãe e se une à sua mulher, e os dois se tornam um só.

Se você é casado (a) e gera o hábito de se satisfazer sozinho, acaba associando o prazer muitas vezes apenas com o toque individual e não mais necessariamente com seu cônjuge.

Isso interfere de forma negativa em seu relacionamento, pois seu corpo e sua mente estarão habituados a buscar satisfação de maneira isolada, e isso pode afastar seu cônjuge.

Como me livrar do vício de se satisfazer sozinho

Devemos nos lembrar de que Jesus se fez homem e que sofreu todos os tipos de tentação. Vejamos o que Paulo escreveu:

17 Portanto, era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, de modo que pudesse ser nosso misericordioso e fiel Sumo Sacerdote diante de Deus e realizar o sacrifício que remove os pecados do povo.
18 Uma vez que ele próprio passou por sofrimento e tentação, é capaz de ajudar aqueles que são tentados.

Por essa razão era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e fiel com relação a Deus e fazer propiciação pelos pecados do povo.

Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados.

Ser tentado não é pecado. O pecado está em ceder à tentação. Jesus também foi tentado na área sexual.

Ele também foi tentado na área da masturbação, mas Ele não cedeu. Jesus não pecou.

A razão pela qual ele fez isso foi por nossa causa, pois, através desse ato altruísta, ele se tornou relacionável e sabe exatamente o que você, eu, nós estamos passando.

Jesus enfrentou todas essas tentações e através de seu exemplo e da sua Palavra, nós também podemos vencer as tentações.

Tiago nos dá muitas ideias sobre como lidar com a tentação após ele mesmo levantar vários pecados que seu público estava cometendo. Veja o que está escrito:

5 O que vocês acham que as Escrituras querem dizer quando afirmam que o espírito colocado por Deus em nós tem ciúmes?
6 Contudo, ele generosamente nos concede graça. Como dizem as Escrituras: ´Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes`.
7 Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês.
8 Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês. Lavem as mãos, pecadores; purifiquem o coração, vocês que têm a mente dividida.

Ou vocês acham que é sem razão que a Escritura diz que o Espírito que ele fez habitar em nós tem fortes ciúmes? Mas ele nos concede graça maior. Por isso diz a Escritura: “Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes”.

Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração.

Vamos ver alguns pontos importantes que podem auxiliar você a lidar com a tentação de se satisfazer sozinho.

1 – Seja humilde

Observe como Tiago inicia o texto, apontando que o Espírito Santo, que mora em todos os crentes, está ansiando: Ele tem ciúmes de nós.

Sim, Ele está ansioso para que paremos com nossos pecados e nossa única esperança de vencer o pecado está em sermos humildes e aprendermos a depender e obedecer a vontade de Deus, através do Espírito Santo.

Sendo assim, somos informados de que Deus resiste aos soberbos.

Deus resiste aos orgulhosos, ou seja, Ele não ajuda aqueles que não reconhecem sua necessidade por Ele. Pelo contrário, a Bíblia diz que Ele dá graça aos humildes.

A graça e a bondade imerecida de Deus em nossa vida, ou seja, nossa humildade, é crucial para vencermos o pecado.

Até porque o orgulho é a raiz que alimenta todos os outros pecados, e a humildade é a raiz que alimenta todas as outras virtudes.

Então, primeiro de tudo, humildade para admitir que nós temos um problema.

A razão para isso é que, quando somos humildes, admitimos que temos um problema com determinado pecado. É preciso humildade para admitir.

2 – Submeta-se a Deus

Quando eu oro: Venha o teu Reino, estou me submetendo a Deus. A única forma de superar seus anseios e desejos é ter ajuda de Deus. Então, entregue seus pensamentos e desejos ao Senhor e coloque- os sob sua autoridade.

3 – Resista ao diabo

A palavra diz no versículo 7: Resisti ao diabo e ele fugirá de vós. Se continuarmos fazendo as mesmas coisas da mesma maneira e sob as mesmas condições, é de admirar que obtenham os mesmos resultados, não é mesmo?

Se você continua fazendo as mesmas coisas da mesma maneira e sob as mesmas condições, você vai ter os mesmos resultados.

Então, se você costuma se satisfazer sozinho olhando ou lendo pornografia, livre se de todo pedaço de material pornográfico que você tiver, seja revista, seja foto, seja filme, seja vídeo, seja áudio, seja história.

Caso você visite sites pornográficos na internet, faça o que for necessário para bloquear seu acesso a esses sites. Se isso não funcionar, livre se totalmente da internet.

Jesus disse que se o seu olho direito te faz pecar, arranca. Se a tua mão direito te faz tropeçar, corta. É uma renúncia radical e uma atitude radical para vencer o pecado.

Enfim, faça mudanças drásticas. Faça o que for preciso, mas fuja e resista ao diabo.

4 – Aproxime-se de Deus

Ao fugir de Satanás, corra para os braços do Senhor. Isso significa fazer da busca de Deus o seu objetivo número um.

Se você se concentrar continuamente em não pecar se satisfazendo sozinho, seus olhos estão no lugar errado.

Sua visão e seu foco não devem estar naquilo que você não pode fazer, mas sim no que você deve fazer!

Aproxime-se de Deus! Faça dos seus desejos, os desejos de Deus, pois quanto mais perto de Deus você estiver, mas longe do diabo e das tentações você estará.

Conclusão

Afinal, é pecado se satisfazer sozinho?

Como vimos aqui se satisfazer sozinho em si envolve pensamentos impuros e inapropriados, como imagens eróticas de mulheres ou homens que geralmente não são cônjuges.

O que nos faz lembrar das palavras de Jesus em Mateus 5: 28-29:

28 Eu, porém, lhes digo que quem olhar para uma mulher com cobiça já cometeu adultério com ela em seu coração.
29 Se o olho direito o leva a pecar, arranque-o e jogue-o fora. É melhor perder uma parte do corpo que ser todo ele lançado no inferno.

Consequente a masturbação nos leva ao pecado e faz muito mal a alma e ao individuo que a pratica, gerando vícios, problemas pessoais e até mesmo conjugais.

Apoie Nosso Trabalho

Faça agora uma contribuição para que possamos continuar espalhando a palavra de Deus. Clique no botão abaixo:

Faça um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Artigos Relacionados

Contribua e nos ajude para continuarmos produzindo bons conteúdos sobre a Bíblia.