Início Dicionário A Azeite

Azeite na Bíblia. Significado e Versículos sobre Azeite

2 min de leitura

A principal fonte de azeite entre os judeus era a oliveira. Havia comércio de azeite com os negociantes do Tiro, os quais, provavelmente, o exportavam para o Egito, onde as oliveiras, na maior parte, não o produzem de boa qualidade.

Foi na quantidade de 20.000 batos (2 Crônicas 2.10), ou 20 coros (1 Reis 5.11), o azeite fornecido por Salomão a Hirão. O comércio direto desta produção era, também, sustentado entre o Egito e a Palestina (1 Reis 5.112 Crônicas 2.10,15Esdras 3.7Isaías 30.6Isaías 57.9Ezequiel 27.17Oséias 12.1).

A ‘oferta de manjares’, prescrita pela Lei, era, freqüentes vezes, misturada com azeite (Levítico 2.4,7,15 -8.26,31 – Números 7.19Deuteronômio 12.17Deuteronômio 32.131 Reis 17.12,151 Crônicas 12.40Ezequiel 16.13,19). O azeite estava incluído entre as ofertas de primeiros frutos (Êxodo 22.29Êxodo 23.16Números 18.12Deuteronômio 18.42 Crônicas 31.5) – e o seu dízimo era reclamado (Deuteronômio 12.172 Crônicas 31.5Neemias 10.37,39Neemias 13.12Ezequiel 45.14).

O azeite ‘para a luz’ devia ser, por expressa ordenação, o azeite das azeitonas esmagadas no lagar (Êx25.6 – Ezequiel 27.20,21 -35.8 – Levítico 24.2 – 1 Sm3.3 – 2 Crônicas 13.11Zacarias 4.3,12). Usava-se o azeite na consagração dos sacerdotes (Êxodo 29.2,23Levítico 6.15,21), no sacrifício diário (Êxodo 29.40), na pu-rificação do leproso (Levítico 14.10 a 18,21,24,28), e no complemento do voto dos nazireus (Números 6.15).

Certas ofertas deviam efetuar-se sem aquele óleo, como, por exemplo, as que eram feitas para expiação do pecado (Levítico 5.11) e por causa de ciúmes (Números 5.15). Os judeus também empregavam o azeite para friccionar o corpo, depois do banho, ou antes de uma ocasião festiva, mas em tempo de luto ou dalguma calamidade abstinham-se de usá-lo.

Nos banquetes dos egípcios havia o costume de ungir os hóspedes – os criados ungiam a cabeça de cada um na ocasião em que tomavam o seu lugar à mesa (Deuteronômio 28.40Rute 3.32 Samuel 12.202 Samuel 14.2Salmos 23.5Salmos 92.10Salmos 104 15 – is S1.3 – Daniel 10.3Amós 6.6Miquéias 6.15Lucas 7.46).

Também se aplicava o azeite externamente ou internamente como medicamento (Isaías 1.6Marcos 6.13Lucas 10.34Tiago 5.14). Geralmente era ele empregado nos candeeiros, que no Egito têm um depósito de vidro, onde primeiramente se derrama água: a mecha é feita de algodão, torcida em volta de uma palha (Mateus 25.1 a 8Lucas 12.35).

O azeite indicava alegria, ao passo que a falta denunciava tristeza, ou humilhação (Isaías 61.3Joel 2.19Apocalipse 6.6). Muitas vezes é tomado simbolicamente o azeite por nutrição e conforto (Deuteronômio 32.13Deuteronômio 33.24 – João 29.6 – Salmos 45.7Salmos 109.18Isaías 61.3). (*veja Unção, oliveira.).

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários