Início Dicionário A Armas

Armas na Bíblia. Significado e Versículos sobre Armas

5 min de leitura

Primeiramente, vamos tratar das armas ofensivas, mencionadas na Bíblia: 1. A espada, o instrumento de guerra mais usual, na antigüidade, era menor do que a moderna, como podemos inferir da descrição em Juízes 3.16, onde se diz que o punhal de Eúde tinha um côvado de comprimento.

Mas, nas mãos de guerreiros experimentados, ela podia ser manejada com terrível efeito (2 Samuel 20.8 a 121 Reis 2.5). Era metida numa bainha, e estava presa a um cinturão. Antes do tempo do metal, as armas contundentes e cortantes eram feitas de pederneira, mas em parte alguma se diz que os israelitas fizeram uso delas.

Somente em tempo de guerra se usava a espada – em tempo de paz nem mesmo o rei na sua majestade a trazia (1 Reis 3.24). 2. A lança, de diversas espécies, desde a fortíssima arma, a chanith, que pesava cerca de 25 arratéis, e foi usada por Golias e Saul, até ao kidon, leve e curta haste, que o guerreiro levava às costas, entre os ombros.

Ainda havia outras, como a romack, a slelach, e a shebet. Foi com a lança shebet (traduzida a palavra por ‘dardos’) que Joabe acabou de matar Absalão (2 Samuel 18.14). 3. O ano era uma arma, na qual eram amestrados todos os soldados, desde o mais humilde aos filhos do rei.

Parece que era curvado com o auxílio do pé. Também são mencionados arcos de aço, como especialmente fortes. O cordel era provavelmente, a princípio, alguma fibra dura. As setas eram levadas numa aljava, e algumas vezes envenenadas. 4.

A funda é, pela primeira vez, mencionada em Juízes 20.16, onde se diz que 700 benjamitas, com a sua mão esquerda, podiam atirar ‘com a funda uma pedra num cabelo, e não erravam’. Em tempos posteriores os fundibulários faziam parte do exército regular (2 Reis 3.25).

As fundas são ainda usadas na Palestina por aqueles que vigiam os rebanhos, e certamente Davi, enquanto rapaz, também fez uso dessa arma, com que mais tarde havia de ferir o gigante Golias. Agora, a respeito de armas defensivas, que a Bíblia menciona – são elas: (1) a couraça (1 Samuel 17.5, 2 Crônicas 26.14Neemias 4.16) – (2) o capacete (1 Samuel 17.52 Crônicas 26.14Ezequiel 27.10) – (3) grevas ou caneleiras para proteger as pernas e os pés (1 Samuel 17.6) – o escudo, de que havia duas espécies: o zinnah, que encobria toda a pessoa, e o magen, para usar-se nos conflitos corpo a corpo.

Ambas estas palavras se usam nos salmos metaforicamente com relação ao amparo de Deus (*veja Efésios 6.10 a 17).

Armas, armaduras.

O assunto se divide naturalmente em– I. Armas ofensivas: Armas. II. Armas defensivas: Armaduras. I. Armas ofensivas. —

  1. Aparentemente a mais antiga conhecida e mais amplamente utilizada era a Chereb ou ESPADA. Muito pouco pode ser inferido quanto ao seu formato, tamanho, material ou modo de uso. Talvez, se algo deve ser inferido, é que a Chereb é tanto uma arma mais leve quanto mais curta que a espada moderna.Era carregada em uma bainha, (1 Samuel 17.512 Samuel 20.81 Crônicas 21.27) pendurada por um cinto, (1 Samuel 25.13) e repousando sobre a coxa, (Salmos 45.3Juízes 3.16) ou sobre os quadris. (2 Samuel 20.8)
  2. Em seguida temos a LANÇA; e desta arma encontramos pelo menos três tipos distintos. a. A Chanith, uma “lança”, e que era do tipo mais largo. Era a arma de Golias, (1 Samuel 17.7 1 Samuel 17.452 Samuel 21.191 Crônicas 20.5) e também de outros gigantes, (2 Samuel 23.211 Crônicas 11.23) e guerreiros poderosos. (2 Samuel 2.2 – 2 Samuel 23.181 Crônicas 11.11 1 Crônicas 11.20) b.Aparentemente mais leve que a anterior era o Cidon ou “dardo”. Quando não estava em ação, o Cidon era levado nas costas do guerreiro, (1 Samuel 17.6) Versão Autorizada “alvo”. c. Outro tipo de lança era o Romach.Nos livros históricos ocorre em (Números 25.7) – Números 1Reis 18:28 e frequentemente nos livros posteriores, como em (1 Crônicas 12.8) (“escudo”); (2 Crônicas 11.12) (Variava muito em comprimento, peso e tamanho.) d.O Shelach provavelmente era um míssil mais leve ou “dardo”. veja (2 Crônicas 23.1 – 2 Crônicas 32.5) (“dardos”); (Neemias 4.17 Neemias 4.23) (veja margem); (João 33.1 – João 36.12; Joel 2.8) e. Shebet, uma vara ou bastão, é usado apenas uma vez para denotar uma arma. (2 Samuel 18.14)
  3. Dentre as armas ofensivas lançáveis a principal era sem dúvida o ARCO, Kesheth. As FLECHAS eram carregadas em um aljava. (Gênesis 27.3Isaías 22 – Isaías 49.2Salmos 127.5) De uma alusão em João 6.4 parece que às vezes eram envenenadas; e (Salmos 120.4) pode indicar uma prática de usar flechas com algum material ardente anexado a elas.
  4. A FUNDA é mencionada pela primeira vez em (Juízes 20.16) Esta simples arma, com a qual Davi matou o gigante filisteu, era o acompanhamento natural de um pastor. Mais tarde na monarquia, fundeiros formavam parte do exército regular. (2 Reis 3.25)
  5. O MACHADO DE BATALHA, (Jeremias 51.20) uma arma poderosa cuja forma exata não temos conhecimento. II. Armadura. —
  6. O CORSELETE, enumerado na descrição das armas de Golias, uma “cota de malha”, literalmente um “corselete de escamas”. (1 Samuel 17.5) Esta palavra forneceu um dos nomes do Monte Hermon. Veja (Deuteronômio 3.9)
  7. HABERGEON é mencionado apenas duas vezes–em referência à túnica do sumo sacerdote. (Êxodo 28.3 – Êxodo 39.28) Provavelmente era uma camisa acolchoada ou gibão.
  8. ELMO é referido em (1 Samuel 17.52 Crônicas 26.14Ezequiel 27.10)
  9. (GREVAS) ou defesas para os pés, feitas de bronze, são nomeadas apenas em (1 Samuel 17.6).
  10. Dois tipos de ESCUDO são distinguíveis. a. O grande escudo; abrangendo, (Salmos 6.12) toda a pessoa. Quando não em conflito real era carregado diante do guerreiro. (1 Samuel 17.7 1 Samuel 17.41) b. De dimensões menores era o broquel ou alvo, provavelmente para uso em combate corpo a corpo. (1 Reis 10.162 Crônicas 9.15 2 Crônicas 9.16)

Smith, William, Dr. “Entry for ‘Arms, Armor’”. “Smith’s Bible Dictionary”. 1901.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários