Início Dicionário T Tabernáculo

Tabernáculo na Bíblia. Significado e Versículos sobre Tabernáculo

5 min de leitura

L. A construção do tabernáculo, com uma descrição das coisas que encerrava, acha-se narrada em Êxodo, caps. 25,2 – 27.36,37,38. O tabernáculo, onde se realizava o culto público, desde que os israelitas andaram pelo deserto até ao reinado de Salomão, era não só o templo de Deus, mas também o palácio do Rei invisível.

Era a ‘Sua santa habitação’, o lugar em que Ele encontrava o Seu povo, tendo com os israelitas comunhão – era, pois, o ‘tabernáculo da congregação’, isto é, o templo do encontro de Deus com o homem. Tinha a forma de um retângulo, construído com tábuas de acácia, tendo 18 metros de comprimento, e seis metros de largura.

Eram as tábuas guarnecidas de ouro, e unidas por varas do mesmo metal, com a sua base de prata. Havia em volta ricos estofos e bordados custosos de várias cores (Êxodo 26.1 a 14). O lado oriental não era formado de tábuas, mas fechado por uma cortina de algodão, suspensa de varões de prata, que eram sustentados por cinco colunas, cobertas de ouro.

O interior achava-se dividido em duas partes por um véu ou cortina bordada com figuras de querubins e outros ornamentos (Êxodo 26.36,37). A parte anterior, por onde se entrava, chamava-se o lugar santo (Hebreus 9.2) – o fundo do tabernáculo, ocupando um espaço menor, era o Santo dos Santos, isto é, o Lugar Santíssimo.

Aqui estava a arca da aliança ou do testemunho, que era um cofre de madeira de acácia, guarnecido de finíssimo ouro por dentro e por fora, com uma tampa de ouro, em cujas extremidades estavam colocados dois áureos querubins, com as asas estendidas.

Por cima estava ‘o Glória’, símbolo da presença de Deus: ficava entre eles, e vinha até à cobertura da arca – ‘o propiciatório’. A arca continha as duas tábuas de pedra, o livro da Lei, uma urna com maná, e a vara de Arão (Êxodo 25.21Deuteronômio 31.26Hebreus 9.4).

Na primeira parte do tabernáculo estava o altar de ouro do incenso (Êxodo 30.1 a 10) – (para a exposição de Hebreus 9.3,4, *veja Altar), um candelabro de ouro maciço com sete braços (Êxodo 25.31 a 39), e uma mesa de madeira de acácia, chapeada de ouro, sobre a qual estavam os pães da proposição, e talvez o vinho (Êxodo 25.23 a 30).

Em volta do tabernáculo havia um espaço de cem côvados de comprimento por cinqüenta de largura, fechado por cortinas de linho fino, que se sustentavam em varões de prata, e iam de uma coluna à outra. Estas colunas eram em número de vinte, com bases de bronze, tendo três metros de altura.

A entrada era pelo lado oriental, e estava defendida por uma cortina, em que havia figuras bordadas de jacinto, de púrpura, e de escarlate (Êxodo 27.9 a 19). Era neste pátio, sem cobertura, que se realizavam todos os serviços públicos da religião e eram oferecidos os sacrifícios.

Apoie Nosso Trabalho

Faça agora uma contribuição para que possamos continuar espalhando a palavra de Deus. Clique no botão abaixo:

Perto do centro estava o altar de cobre, com cinco côvados de comprimento por cinco de largura, tendo nos seus quatro cantos umas proeminências chamadas ‘chifres’ (Êxodo 27.1 a 8Salmos 118.27). Os vários instrumentos deste altar eram de bronze, sendo de ouro os do altar do incenso (Êxodo 25.31 a 40Êxodo 27.3Êxodo 38.3).

No átrio, entre o altar de bronze e o tabernáculo, havia uma grande bacia, também de bronze, onde os sacerdotes efetuavam as suas abluções antes dos atos do culto (Êxodo 30.17 a 21). Sobre o altar via-se continuamente vivo o lume, que ao principio aparecia miraculosamente, e que depois era conservado pelos sacerdotes (Levítico 6.12Levítico 9.24Levítico 10.1). É provável que, antes de ser edificado o próprio tabernáculo, fosse usada por Moisés uma tenda menor, para ali ser feita a adoração a Deus, fora do campo, que se chamava ‘a tenda da congregação’ (Êxodo 33.7).

Deve dizer-se que todos os materiais para o tabernáculo podiam ter sido obtidos na península do Sinai, pois era simples a sua construção. Vejam-se os artigos que tratam separadamente das diversas partes do tabernáculo.

Tabernáculo – Dicionário Bíblico de Easton

Tabernáculo

Uma cabana feita dos ramos de uma árvore. Em tais tabernáculos Jacó habitou por um tempo em um lugar chamado a partir desta circunstância Succoth (Gênesis 33.17). Tabernáculos também foram erguidos na festa dos Tabernáculos, Levítico 23.42 Levítico 23.43, que comemorava a moradia dos israelitas no deserto.

Easton, Matthew George. “Entrada para Tabernáculo”. “Dicionário Bíblico de Easton”.

Tabernáculo – Enciclopédia Internacional da Bíblia Padrão

Tabernáculo

O termo hebraico cukkah (traduzido na Versão do Rei Jaime como “tabernáculo” ou “tabernáculos”, onze vezes; “tenda” ou “tendas”, dez vezes; “pavilhão” ou “pavilhões”, cinco vezes; “casinha” uma vez) significa uma cabana feita de galhos entrelaçados (

Levítico 23.42

;

Neemias 8.15

). Em países onde árvores são abundantes, tais estruturas entrelaçadas são comuns como edifícios temporários, pois podem ser construídos muito rapidamente. Provavelmente o gado era abrigado nelas (

Gênesis 33.17

). Tais cabanas feitas às pressas eram usadas por soldados (

2 Samuel 11.11

;

1 Reis 20.12

) e por colhedores—daí o nome festa de “tabernáculos” ou “tendas”.

João 27.18

usa tabernáculo (paralelo casa da traça) como um símbolo de impermanência. Cabanas similares eram erguidas em vinhas, etc., para protegê-las de ladrões e feras predadoras. A condição isolada de Jerusalém no tempo do profeta Isaías é comparada a um “tabernáculo numa vinha” (

Isaías 18

).

T. Lewis

Orr, James, M.A., D.D. Editor Geral. “Entrada para ‘TABERNÁCULO’”. “Enciclopédia Bíblica Padrão Internacional”. 1915.

Apoie Nosso Trabalho

Faça agora uma contribuição para que possamos continuar espalhando a palavra de Deus. Clique no botão abaixo:

Faça um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Artigos Relacionados