Início Dicionário F Fera

Fera na Bíblia. Significado e Versículos sobre Fera

4 min de leitura

Quando esta palavra se usa em oposição ao homem, significa qualquer criatura animal (Salmos 36.6). Quando se aplica aos répteis, como em L*veja 11.2 – Salmos 7 29,30, entendem-se animais de quatro pés como distintos dos de dois.

Quando Paulo diz em 1 Coríntios 15.32 que combateu em Éfeso contra as feras não quer isso dizer que o Apóstolo foi ao anfiteatro lutar, como os gladiadores, mas sim que teve de contender em Éfeso com homens de igual ferocidade.

Com certeza não se refere ao tumulto no teatro, porque isso aconteceu mais tarde. Há, ainda, outras passagens em que é usado o termo para significar o procedimento selvagem de homens perseguidores e desenfreados (Salmos 22 12 – Eclesiastes 3.18Isaías 11.6 a 8, etc.).

Sob o governo do rei de Nínive, os animais tomaram parte no jejum do povo (Jonas 3.7,8). A Lei de Moisés protegia os animais contra o mau tratamento de donos cruéis, embora eles sofressem, juntamente com o culpado, os juízos de Deus (Êxodo 9.6Salmos 135.8).

Quanto a ser a palavra besta empregada por S. João na significação de Roma, *veja o termo Apocalipse.

Fera – Dicionário Bíblico de Easton

Fera

Esta palavra é usada para rebanhos ou manadas de animais pastando (Êxodo 22.5; Números 20Números 20.8, 20:11; Salmos 78.48); para animais de carga (Gênesis 45.17); para animais comestíveis (Provérbios 9.2); e para animais velozes ou dromedários (Isaías 60.6).

No Novo Testamento, é usada para um animal doméstico como propriedade (Apocalipse 18.13); como usado para alimento (1 Coríntios 15.39), para serviço (Lucas 10.34; Atos 23.24) e para sacrifício (Atos 7.42).

Quando usada em contraposição ao homem (Salmos 36.6), denota uma criatura bruta em geral, e quando em contraposição a coisas rastejantes (Levítico 11.2– – Levítico 27.26), um animal quadrúpede.

A lei mosaica exigia que as feras de trabalho tivessem descanso no sábado (Êxodo 20.1Êxodo 23.12) e, no ano sabático, todo o gado era permitido vagar livremente e comer o que crescesse nos campos (Êxodo 23.11; Levítico 25.7).

Nenhum animal podia ser castrado (Levítico 22.24). Animais de diferentes tipos deveriam ser sempre mantidos separados (Levítico 19.19; Deuteronômio 22.10). Os bois, quando usados na debulha, não deviam ser impedidos de comer o que estava ao seu alcance (Deuteronômio 25.4; 1 Coríntios 9.9).

Esta palavra é usada figurativamente para uma multidão enfurecida (1 Coríntios 15.32; Atos 19.29; Compare Salmos 22.1Salmos 22.16; Eclesiastes 3.18; Isaías 11.6-8) e para homens ímpios (2 Pedro 2.12). As quatro feras de Daniel 7.3,17,23 representam quatro reinos ou reis.

Easton, Matthew George. “Entrada para Fera”. “Dicionário Bíblico de Easton”.

Fera – Enciclopédia Internacional da Bíblia Padrão

Fera

Apoie Nosso Trabalho

Faça agora uma contribuição para que possamos continuar espalhando a palavra de Deus. Clique no botão abaixo:

Esta palavra ocorre frequentemente tanto no Antigo quanto no Novo Testamento e geralmente denota um mamífero (embora às vezes um réptil) em distinção a um homem, uma ave ou um peixe. Nesta distinção, o inglês está bastante de acordo com os originais hebraico e grego.

As palavras hebraicas mais comuns behemah e chai têm seu correspondente no árabe, assim como outras três menos utilizadas, be’ir (Gênesis 45.17; Êxodo 22.5; Números 20.8), nephesh (Levítico 24.18), e Tebhach (Provérbios 9.2).

Behemah e bahimah árabe vêm de uma raiz que significa vaguidão ou mudez e, portanto, denotam principalmente uma fera muda. Chai e chaiwan árabe são da raiz chayah (árabe chaya), “viver”, e denotam principalmente criaturas vivas.

Be’ir, “gado”, e sua raiz-verbal, ba’ar, “pastar”, são idênticos ao ba’ir e ba’ara árabe, mas com uma diferença curiosa no significado. Ba’ir é uma palavra comum para camelo entre os beduínos e a raiz-verbal, ba’ara, significa “deixar cair excremento”, ba’rah sendo uma palavra comum para o esterco de camelos, cabras e ovelhas.

Nephesh corresponde em todos os aspectos com o nephs árabe, “respiração”, “alma” ou “eu”. Tebhach de Tabhach, “abater”, é equivalente ao dhibch árabe de dhabacha, com o mesmo significado. Tanto therion (“fera selvagem”), quanto zoon (“criatura viva”), ocorrem frequentemente no Apocalipse.

Eles também são encontrados em alguns outros lugares, como mamíferos (Hebreus 13.11) ou figurativamente (Tito 1.12). Therion também é usado para a víbora que se prendeu à mão de Paulo, e isso tem paralelos no grego clássico.

Feras de carga e animais usados para alimentação eram e são uma forma importante de propriedade, portanto, ktenos (“posse”), a palavra usada para o animal do bom samaritano (Lucas 10.34) e para os animais com os quais Lísias providenciou a Paulo para sua viagem a Cesareia (Atos 23.24).

Para “fera veloz”, kirkaroth, “dromedário” (Isaías 66.20), veja CAMEL. Para “fera veloz”, rekhesh, veja HORSE (Miquéias 1.13; 1 Reis 4.28; compare com Ester 8.10,14).

Alfred Ely Day

Orr, James, M.A., D.D. Editor Geral. “Entrada para ‘FERA’”. “Enciclopédia Bíblica Padrão Internacional”. 1915.

Apoie Nosso Trabalho

Faça agora uma contribuição para que possamos continuar espalhando a palavra de Deus. Clique no botão abaixo:

Faça um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Artigos Relacionados