Início Dicionário A Aves

Aves na Bíblia. Significado e Versículos sobre Aves

2 min de leitura

As aves achavam-se divididas em animais limpos e imundos na Lei de Moisés. As aves imundas, que por isso mesmo não podiam servir de alimento, eram aquelas que se alimentavam de carne, peixe e animais mortos.

As que se alimentavam de insetos, de grãos e de fruta eram ‘animais limpos’. Esta classificação pode, facilmente, concordar com as idéias modernas sobre o assunto. Outra cláusula da lei judaica proibia que se tirasse do ninho a ave-mãe, embora os seus filhinhos ou os seus ovos pudessem dali ser levados.

Há várias referências aos hábitos das aves. Jeremias (8.7) fala da chegada da cegonha, do grou e da andorinha – e em Cantares de Salomão (2.11,12) o canto das aves e a voz da rola são anunciativos da primavera.

Em Eclesiastes 12.4 acha-se esta expressão, ‘a voz das aves’: é a do rouxinol, que existe em grande número ao longo das margens do Jordão e na vizinhança do mar Morto. Canta muito bem, e é uma ave que facilmente se domestica.

Tais aves são muito procuradas no oriente, e há uma referência a este costume em João (41.5): ‘Brincarás com ele, como se fora um passarinho?’ A grande maioria das aves que se encontram na Palestina, pertence à classe das aves de arribação.

Nos lugares mais baixos do vale do Jordão acham-se aves subtropicais, que não se vêem nas regiões mais ao norte. Além destas, há umas quinze espécies peculiares à Palestina. As aves eram muito empregadas como alimento pelos habitantes da Terra Santa, e ainda o são hoje.

Nos tempos primitivos eram elas apanhadas principalmente por meio de redes e armadilhas (Salmos 124.7 – Provérbios 7.23) – mas atualmente são caçadas com a espingarda nos arrabaldes de Jerusalém. Outro sistema de caçar aves, principalmente perdizes e abetardas, consiste em arremessar uma pequena vara.

A uma caça deste gênero faz-se alusão em 1 Samuel 26.20. Em uma única passagem menciona Bildade quatro diferentes métodos de apanhar aves (João 18.8 a 10). Aves marítimas e aves aquáticas são raras na Palestina – mas aves de presa, como abutres, açores, etc., são numerosas, e há muitas referências a elas na Bíblia.

No livro de Deuteronômio (32.11) diz-se que Deus ensinou israel como a águia ensina os filhos. (*veja Águia.).

Faça um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários